top of page

Vendas de Veículos Elétricos Projetadas para Superar 150.000 Unidades no Brasil em 2024




O setor de veículos elétricos e híbridos no Brasil está pronto para um crescimento ainda mais expressivo em 2024, seguindo o recorde de vendas registrado em 2023. A Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE) prevê números extraordinários, ultrapassando a marca de 150.000 unidades neste ano.


Ricardo Bastos, presidente da ABVE, antecipa um aumento notável de 60% nas vendas em relação ao ano anterior, quando o mercado atingiu a marca impressionante de 93.927 unidades, estabelecendo novos recordes na história da entidade.


"O veículo elétrico conquistou o consumidor brasileiro e essa tendência se mantém forte", afirmou Bastos recentemente. "Acreditamos que continuaremos a crescer em 2024", reforçou, expressando confiança mesmo diante do aumento do Imposto de Importação para veículos elétricos e híbridos anunciado pelo governo federal no início deste ano.

A ABVE enfatiza que, apesar da retomada gradual da cobrança desse imposto, o crescimento nas vendas de carros elétricos, híbridos e híbridos plug-in permanecerá robusto. A previsão é que o mercado mantenha um ritmo acelerado, optando cada vez mais por tecnologias de baixa ou zero emissão.


"Acreditamos que o mercado seguirá a mesma trajetória de crescimento observada no ano passado, com uma preferência crescente por veículos plug-in (PHEV e BEV), representando cerca de dois terços das vendas, e um terço de híbridos convencionais (HEV)", explicou Ricardo Bastos.

Além do crescimento das vendas, a mudança de participação de mercado dos híbridos (HEV) para os híbridos plug-in (PHEV) e os veículos elétricos a bateria (BEV) é um aspecto crucial. Os veículos plug-in, com recarga externa das baterias, compreenderam 56% das vendas de veículos elétricos leves em 2023, superando os modelos HEV a gasolina e HEV flex, que dominavam o mercado até 2022.


Em dezembro do ano passado, os veículos plug-in representaram impressionantes 70% das vendas totais de veículos eletrificados, reforçando essa tendência de mercado em ascensão.

A ABVE está confiante de que o novo regime automotivo, como o Programa Mover-Mobilidade Verde e Inovação, anunciado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) no final de dezembro, será um catalisador para o crescimento contínuo do mercado, atraindo mais investidores.


"Prevemos surpresas positivas neste ano, com mais empresas anunciando planos sólidos de produção de veículos elétricos no Brasil, atraídas pelos incentivos à eletromobilidade previstos no Programa Mover", compartilhou Bastos. "A eletromobilidade já é uma realidade incontestável no Brasil", destacou.

"A expansão da eletromobilidade trará impactos positivos significativos para a indústria brasileira, gerando empregos, atraindo novos investimentos e introduzindo tecnologias inovadoras no país", concluiu o presidente da ABVE, ressaltando o potencial transformador desse movimento no mercado automotivo nacional.

5 visualizações0 comentário

Comments


Se inscreva para ficar por dentro das novidades.

Contato

Contato