top of page

Russell Conquista Vitória Surpreendente Após Acidente de Norris e Verstappen no GP da Áustria de F1



George Russell foi o grande beneficiado do incidente entre Max Verstappen e Lando Norris nas voltas finais, garantindo uma vitória inesperada para a Mercedes no Grande Prêmio da Áustria deste domingo (30). O britânico, que estava em terceiro lugar, viu a sua sorte mudar quando Verstappen e Norris colidiram enquanto disputavam a liderança.


Um Roteiro Inesperado

A corrida parecia seguir o roteiro habitual de domínio da Red Bull no circuito de Spielberg, com Verstappen na liderança. No entanto, um raro erro da equipe taurina durante um pit stop colocou a McLaren de Lando Norris na disputa pelo primeiro lugar no trecho final da prova. Verstappen enfrentava problemas de aderência, enquanto Norris buscava incessantemente uma brecha para ultrapassar o holandês.


O Clímax da Corrida

Na volta 59, Norris tentou ultrapassar Verstappen na curva 3, mas perdeu o ponto de freada e teve que devolver a posição para evitar uma punição. Apesar disso, Norris continuou pressionando e, na volta 63, ambos se tocaram, resultando em pneus furados para os dois carros. Enquanto Verstappen conseguiu voltar à pista após uma parada nos boxes, Norris foi forçado a abandonar a corrida.


Pódio e Desempenho Notável

Oscar Piastri terminou em segundo lugar, quase alcançando Russell, mas foi impedido pelo safety car virtual. Carlos Sainz completou o pódio, seguido por Lewis Hamilton em quarto lugar. Verstappen ainda conseguiu levar seu RB20 ao quinto lugar, enquanto Nico Hülkenberg teve uma performance heroica com a Haas, terminando em sexto após ultrapassar Sergio Pérez na última volta. Kevin Magnussen, Daniel Ricciardo e Pierre Gasly fecharam o top 10.


Próximos Desafios

A Fórmula 1 retorna de 5 a 7 de julho em Silverstone para o Grande Prêmio da Inglaterra. O GRANDE PRÊMIO acompanhará todas as atividades da temporada 2024.


Detalhes da Corrida no Red Bull Ring

Começo do Dia

Após uma manhã que viu Gabriel Bortoleto vencer sua primeira corrida na Fórmula 2, a F1 tomou o grid com Verstappen na pole position, 0s 4 à frente de Norris. A expectativa era de uma disputa mais equilibrada, considerando o forte ritmo de corrida da McLaren demonstrado na sprint.


Largada

Todos os pilotos começaram a corrida com pneus médios da gama C3, C4 e C5 da Pirelli, exceto Guanyu Zhou, que partiu do pit lane com pneus duros. A temperatura estava em 29°C, com o asfalto a 48°C e a umidade relativa do ar a 36%.


Na largada, Verstappen manteve a liderança enquanto Norris teve que defender sua posição contra Russell. Hamilton conseguiu ultrapassar Sainz, seguindo o plano da Mercedes para não comprometer a corrida. Pérez também teve uma boa largada, subindo para sexto lugar após uma largada ruim de Leclerc.


Primeiras Voltas

Leclerc sofreu danos na asa dianteira e precisou fazer uma parada nos boxes, caindo para o 19º lugar. Na liderança, Verstappen rapidamente abriu mais de 1s de vantagem sobre Norris, enquanto Hamilton se aproximava de Russell na luta pelo segundo lugar.


Na volta 3, Hamilton usou o DRS para ultrapassar Russell, que retribuiu a ultrapassagem na curva seguinte. Sainz tentou ultrapassar Hamilton, mas não conseguiu se distanciar o suficiente para impedir o uso do DRS pelo britânico. A Mercedes instruiu Hamilton a ceder a posição a Russell para evitar uma punição.


Estratégias de Parada

Na volta 7, Piastri fez uma bela manobra sobre Pérez, assumindo o sexto lugar. Verstappen liderava com uma vantagem de mais de 3s sobre Norris.

A primeira janela de pit stops começou na volta 10, com carros da Haas, Ricciardo e Alonso parando. Magnussen e Hülkenberg travaram uma disputa acirrada, com o dinamarquês levando a melhor no undercut, mas Hülkenberg recuperou a posição em seguida.

Leclerc fez mais uma parada na volta 17, trocando para pneus médios. Sainz mantinha o quarto lugar, com Hamilton e Piastri logo atrás. Hamilton fez sua primeira parada na volta 22, seguido por Pérez. Verstappen e Norris pararam no final da volta 23, com a Red Bull e a McLaren tendo problemas em seus pit stops. Verstappen forçou a preferência na saída dos boxes, resultando em uma investigação por unsafe release.


Meio da Corrida

Enquanto Alonso recebia uma punição de 10s por causar um acidente com Zhou e Hamilton era penalizado com 5s por infringir o limite de velocidade no pit lane, Piastri trocou para pneus duros. Verstappen liderava com uma vantagem de 6s9 sobre Norris, com Russell em terceiro.

No pelotão intermediário, Gasly pressionava Ocon para atacar Alonso na disputa pelo 12º lugar. Após finalmente ultrapassar Alonso, Ocon não aliviou para Gasly, que acabou saindo da pista. Alonso, assistindo a tudo de camarote, comentou "Uau!".



Finais Dramáticos

Na volta 33, Pérez recebeu uma punição de 5s por exceder o limite de velocidade nos boxes. Leclerc fez mais uma parada na volta 35, trocando novamente para pneus médios.

Verstappen reclamava da aderência dos pneus na volta 40, enquanto Norris se aproximava. A diferença entre eles caiu para 6s na volta seguinte. Gasly e Ocon continuavam a se estranhar, com Gasly finalmente ultrapassando Ocon.

Na volta 44, Russell abriu a janela final de paradas para os líderes, trocando para pneus duros e retornando em sexto lugar. Sainz seguiu o exemplo, trocando para pneus médios. Verstappen continuava a liderar, mas sua vantagem para Norris diminuía.

Na volta 51, Verstappen fez outra parada desastrosa de 6s5, com Norris aproveitando a oportunidade para se aproximar. Com 55 voltas completas, Norris estava a apenas 1s2 de Verstappen.


Desfecho

A partir daí, a corrida se transformou. Norris estava dentro da zona de DRS e tentou ultrapassar Verstappen na volta 59, mas teve que devolver a posição. Na volta 63, os dois se tocaram, resultando em pneus furados para ambos. Enquanto Verstappen conseguiu retornar à pista, Norris abandonou a corrida.



Russell manteve a liderança e garantiu a vitória, com Piastri em segundo e Sainz completando o pódio. Hamilton terminou em quarto, seguido por Verstappen. Hülkenberg teve uma corrida impressionante, terminando em sexto. Magnussen, Ricciardo e Gasly completaram o top 10.


F1 2024, GP da Áustria, Red Bull Ring, Resultado Final:

1

G RUSSELL

Mercedes

71 voltas

2

O PIASTRI

McLaren Mercedes

 + 1.906

3

C SAINZ

Ferrari

 + 4.533

4

L HAMILTON

Mercedes

 + 23.142

5

M VERSTAPPEN

Red Bull RBPT Honda

 + 37.253

6

N HÜLKENBERG

Haas Ferrari

 + 54.088

7

S PÉREZ

Red Bull RBPT Honda

 + 54.672

8

K MAGNUSSEN

Haas Ferrari

 + 1:00.355

9

D RICCIARDO

RB RBPT Honda

 + 1:01.169

10

P GASLY

Alpine

 + 1:01.766

11

C LECLERC

Ferrari

 + 1:07.056

12

E OCON

Alpine

 + 1:08.325

13

L STROLL

Aston Martin Mercedes

1 volta

14

Y TSUNODA

RB RBPT Honda

1 volta

15

A ALBON

Williams Mercedes

1 volta

16

V BOTTAS

Sauber Ferrari

1 volta

17

G ZHOU

Sauber Ferrari

1 volta

18

F ALONSO

Aston Martin Mercedes

1 volta

19

L SARGEANT

Williams Mercedes

2 voltas

20

L NORRIS

McLaren Mercedes

DNF

 

0 visualização0 comentário