top of page

Ferrari #50 desbanca Toyota #7 em final de tirar o fôlego nas 24 Horas de Le Mans



Ferrari Vence as 24h de Leamans 2024

Em uma reviravolta emocionante nas 24 Horas de Le Mans, a Ferrari conseguiu superar um drama envolvendo a porta de seu carro #50, recuperar a liderança e vencer a corrida, superando o Toyota #7. O carro da Ferrari enfrentou problemas na porta na última parte da corrida, o que fez com que perdesse temporariamente a liderança para o Toyota #7. No entanto, uma estratégia bem-executada permitiu que a equipe voltasse à frente nos 50 minutos finais, garantindo sua segunda vitória consecutiva, desta vez com o carro #50. Augusto Farfus, após uma intensa disputa, terminou em segundo na categoria LMGT3.


Após um intervalo de 50 anos sem participar das 24 Horas de Le Mans, a Ferrari conquistou sua segunda vitória consecutiva, demonstrando grande resiliência. No domingo (16), a equipe italiana enfrentou dificuldades significativas, incluindo problemas na porta do carro de Nicklas Nielsen. Mesmo assim, a Ferrari conseguiu se recuperar graças a uma estratégia eficiente e à gestão cuidadosa do combustível, cruzando a linha de chegada em primeiro lugar com Antonio Fuoco e Miguel Molina completando o trio vencedor. O Toyota #7, com Kamui Kobayashi, José María López e Nyck de Vries, terminou em segundo, enquanto o pódio foi completado pelo carro #51 da Ferrari, com James Calado, Antonio Giovinazzi e Alessandro Pier Guidi, vencedores de 2023.


A edição de 2024 das 24 Horas de Le Mans foi marcada pela intensa disputa entre Ferrari e Toyota. A Ferrari demonstrou um desempenho forte desde o início, mas a Toyota manteve-se sempre próxima, especialmente com o carro #8. Um incidente envolvendo Pier Guidi e Brendon Hartley na volta 281 comprometeu as chances do trio e resultou em uma punição para o carro #51 da Ferrari. Nielsen liderou a corrida até ser forçado a ir aos boxes devido ao problema na porta, permitindo que López assumisse a liderança. Contudo, a equipe de Maranello recuperou a ponta nos últimos 50 minutos da corrida.


Além dos três primeiros colocados, o top-10 foi composto por: Porsche Penske #6 (Kévin Estre, André Lotterer e Laurens Vanthoor), Toyota #8 (Sébastien Buemi, Brendon Hartley e Ryo Hirakawa), Porsche Penske #5 (Matt Campbell, Michael Christensen e Frédéric Makowiecki), Cadillac #2 (Earl Bamber, Alex Lynn e Álex Palou), Jota #12 (Callum Ilott, Norman Nato e Will Stevens), Jota #38 (Jenson Button, Phil Hanson e Oliver Rasmussen) e Lamborghini #63 (Mirko Bortolotti, Daniil Kvyat e Edoardo Mortara).


Na classe LMP2, a United Autosports conquistou a vitória com o carro #22, pilotado por Oliver Jarvis, Bijoy Garg e Nolan Siegel, seguido pelo Inter Europol #34. O pódio foi completado pela IDEC #28, com a AF Corse #138 em quarto e a Vector #10 fechando o top-5. Na LMGT3, a Manthey #91 venceu uma batalha intensa contra o WRT #31 de Augusto Farfus, Sean Gelael e Darren Leung, conquistando o primeiro lugar com Richard Lietz, Morris Schuring e Yasser Shahin.


Entre os brasileiros, Felipe Nasr e Pipo Derani enfrentaram acidentes que os impediram de lutar pela vitória na categoria dos hipercarros. O Cadillac #311, que também contava com Felipe Drugovich, terminou na 29ª posição, enquanto o Porsche Penske #4 abandonou a corrida. Daniel Serra, junto com Riccardo Pera e Michael Wainwright, chegou a ocupar o top-5, mas problemas mecânicos os fizeram terminar em 12º na LMGT3.


A próxima etapa da temporada 2024 será as 6 Horas de São Paulo, em Interlagos, marcando o retorno da categoria ao Brasil.

1 visualização0 comentário

Bình luận


Se inscreva para ficar por dentro das novidades.

Contato

Contato