top of page

Entenda Por que Lewis Hamilton deixou a Mercedes rumo à Ferrari? Entenda



O mundo da Fórmula 1 está em choque com a notícia bombástica de que Lewis Hamilton, após 11 anos de parceria com a Mercedes e seis títulos mundiais, se juntará à Ferrari a partir de 2025. A decisão surpreendente já está sendo considerada um marco na história da categoria, com diversos fatores influenciando a mudança do heptacampeão.


Influência do Presidente da Ferrari e Novo Regulamento de Motores em 2026

De acordo com informações da própria F1, o presidente da Ferrari, John Elkann, teve um papel crucial na negociação com Hamilton. A relação amistosa entre os dois, cultivada ao longo de várias reuniões, foi fundamental para atrair o piloto britânico para Maranello. O interesse inicial seria tê-lo na equipe já em 2024, mas a mudança foi programada para 2025.

Outro fator que pesou na decisão de Hamilton foi a promessa de desenvolvimento da Ferrari em resposta ao novo regulamento de motores que entrará em vigor em 2026. Com ênfase em energia elétrica e combustíveis sustentáveis, a escuderia italiana busca se posicionar como uma potência na próxima era da F1.


Insucesso da Mercedes em 2023 e Novo Diretor Técnico da Ferrari

A temporada de 2023 foi desafiadora para a Mercedes, que não conseguiu vencer pela primeira vez desde 2011. A persistência em um conceito falho de motor contribuiu para o ano difícil da octacampeã de construtores. Esses resultados abaixo do esperado teriam aumentado o interesse de Hamilton na proposta da Ferrari.

Além disso, a contratação de Loic Serra, ex-diretor de performance de veículos da Mercedes, pela Ferrari, adicionou mais peso à mudança. Serra, com quase 20 anos de experiência na F1, traz consigo conhecimento valioso e pode ser um trunfo significativo para a equipe italiana.


Proposta Financeira e Compromisso Social

Relatos indicam que a Ferrari fez uma oferta de 40 milhões de euros a Hamilton, com um bônus adicional de 20 milhões para o "Mission 44", um projeto que apoia a inclusão de jovens de minorias sociais no automobilismo. Além disso, o presidente da Ferrari, John Elkann, ofereceu a criação de um fundo de investimento de 250 milhões de euros para os projetos pessoais de Hamilton.


Ferrari: Um Novo Capítulo para Hamilton

Ao entrar para a Ferrari, Hamilton terá a oportunidade de moldar um novo capítulo em sua carreira, seguindo os passos que trilhou na Mercedes fora das pistas. Com a liberdade para abordar questões de diversidade, Hamilton pode replicar o sucesso do Projeto Accelerate 25, iniciado na equipe alemã.

O contrato de Hamilton com a Mercedes era inicialmente de um ano, até o final de 2024, com possibilidade de extensão até 2025. A cláusula permitiu ao heptacampeão romper o vínculo com a equipe alemã, facilitando a concretização do acordo com a Ferrari.


Perspectivas para a Ferrari e Hamilton em 2025

Hamilton chegará à Ferrari aos 40 anos, na temporada de 2025, com 17 anos de experiência na F1 e um impressionante histórico de conquistas. A equipe italiana, que não vence um título de construtores desde 2008, busca reverter sua sorte com a chegada do heptacampeão. A temporada de 2025 promete ser uma das mais emocionantes da F1, com Hamilton ao lado de Charles Leclerc na escuderia de Maranello.


Próximos Passos

A notícia da mudança de Hamilton para a Ferrari é um divisor de águas na F1, e os fãs já estão ansiosos para ver como essa parceria histórica se desenrolará. Enquanto isso, a temporada de 2024 se aproxima com expectativas elevadas, marcando o início de uma nova era na categoria. O mundo estará de olho na primeira corrida em 2 de março, no GP do Bahrein, e aguardando para ver como as seis corridas sprint irão agitar a competição.

Não deixe de acompanhar o Cartola Express na temporada de 2024 da F1, onde você poderá escalar os principais pilotos a partir de 25/02. A emoção está apenas começando!

8 visualizações0 comentário

Σχόλια


Se inscreva para ficar por dentro das novidades.

Contato

Contato