top of page

Elétrico da Xiaomi, SU7 vai de 0 a 100 km/h em 2,8 segundos



Talvez você até já tenha um smartphone feito pela Xiaomi, afinal, ela se tornou uma marca muito popular no Brasil. Porém, já pensou em ter um carro feito por ela? A empresa de origem chinesa acabou de lançar o SU7, um sedã elétrico com desempenho de carro esportivo.

Há mais de 3 anos, a Xiaomi prometeu que lançaria um carro, e isso de fato aconteceu. Chamado de SU7, o modelo acaba de ser apresentado no mercado automotivo chinês para, de certa forma, rivalizar com elétricos importantes, como o Porsche Taycan e o Tesla Model S.


Como é o Xiaomi SU7



O sedã da Xiaomi parece misturar elementos de carros diferentes. Os faróis dianteiros lembram muito os usados pela McLaren, enquanto toda a lateral do elétrico remete ao Porsche Taycan. A traseira, porém, tem um visual um pouco mais próprio, mas não deixa de lembrar um BYD Seal.

Com esse conjunto, o Xiaomi SU7 acelera de 0 a 100 km/h em somente 5,3s. Contudo, há uma opção mais potente e com maior capacidade. Chamada de Max, essa configuração dispõe de 673 cv e 85,4 kgfm, abaixando o 0 a 100 km/h para somente 2,8s. Nesse caso a bateria é de 101 kWh, proporcionando uma autonomia de até 800 km (CLTC).

Pode até não aparentar pelas imagens, mas o carro elétrico da Xiaomi tem um porte generoso. De comprimento são praticamente 5,00 m, enquanto a largura fica definida em 1,96 m, e a altura é de 1,45 m. No entre-eixos são ótimos 3,00 m, o que certamente proporciona um bom espaço interno.

O porta-malas, porém, não surpreende pelo seu porte. São 517L, mas a vantagem é um frunk (espécie de porta-malas dianteiro) com capacidade para 105L. Falando do interior, o SU7 tem tela de 16,1” com resolução 3K para a central multimídia e tela de 7,1” para o painel de instrumentos.

Atrás dos bancos dianteiros existe ainda os Mi Pads (tablets da Xiaomi) para o entretenimento dos passageiros. Vale lembrar, porém, que o modelo será efetivamente lançado no primeiro semestre de 2024, mas ainda sem uma data específica definida.

Lei Jun, CEO da Xiaomi, fez uma declaração muito otimista. A empresa quer se tornar a quinta maior montadora do mundo nos próximos 15 ou 20 anos. Levando em conta o crescimento rápido que a BYD obteve, certamente não é impossível. Porém, não deixa de ser um grande desafio.

Você gostaria de ver o Xiaomi SU7 no Brasil? Conte nos comentários.


5 visualizações0 comentário

Comments


Se inscreva para ficar por dentro das novidades.

Contato