top of page

Apresentando o Novo BMW M5: Agora Híbrido com 727 cv



A Sétima Geração do BMW M5: Conheça o M5 G90

Chegou a sétima geração do icônico BMW M5, também conhecido pelo código "M5 G90". Este novo modelo incorpora um powertrain híbrido, semelhante ao do SUV XM. Equipado com um V8 biturbo de 4,4 litros (S68), que entrega 585 cv e 76,1 kgfm, em combinação com um motor elétrico de 196 cv e 28,6 kgfm, este BMW M5 alcança impressionantes 727 cv e 101,8 kgfm de torque total. A BMW acertou em cheio com essa eletrificação.


Performance Sem Compromissos

Diferente de alguns concorrentes, como o Mercedes-AMG C63, onde a potência combinada é momentânea, o motor elétrico do M5 G90 está sempre disponível quando necessário, garantindo sua potência total. Isso permite ao carro atingir uma velocidade máxima de 305 km/h e acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 3,5 segundos. Embora esse tempo seja 0,3 segundos mais lento que seu predecessor, o F90, a diferença se deve à adição do sistema híbrido.


O Peso da Eletrificação

Um fator significativo é o peso do M5 G90. Pesando 2.445 kg, ele é consideravelmente mais pesado que o modelo anterior, F90, que pesava 540 kg a menos. Comparativamente, o BMW 750e pesa 2.455 kg, apenas 10 kg a mais, enquanto o Rolls-Royce Phantom tem 220 kg a mais, e o Mercedes-Maybach GLS 600 pesa 383 kg a mais. Este peso elevado impacta diretamente na performance e na dinâmica do veículo.


Autonomia Elétrica e Baterias

A BMW declara uma autonomia elétrica de cerca de 40 km, sustentada por uma bateria de 14,8 kWh posicionada sob o assoalho, para um centro de gravidade mais baixo. O motor e a transmissão de oito marchas são exclusivos do M5, talvez devido ao peso adicional. O sistema de tração integral e a nova função "Boost Control" ajudam a otimizar as retomadas de velocidade.


Atualizações na Estrutura e Suspensão

Para suportar o peso e melhorar a rigidez, a BMW reforçou a carroceria com barras adicionais no compartimento do motor e um novo painel entre as torres da suspensão. A suspensão dianteira, feita de alumínio, e a traseira, são específicas para o M5, visando equilibrar conforto e desempenho dinâmico. A suspensão Adaptive M com amortecedores eletrônicos vem de série.


Direção e Freios Melhorados

O sistema de direção foi atualizado com uma relação variável e assistência baseada na velocidade, além de contar com esterçamento do eixo traseiro em até 1,5 grau. Os freios convencionais podem ser substituídos por um conjunto de carbono-cerâmica. As rodas têm 20 polegadas na dianteira e 21 polegadas na traseira.




Design e Estética

O design do novo M5 é agressivo e moderno, sem sugerir seu peso elevado. O estilo lateral é tipicamente BMW, com uma grade frontal proporcional e tomadas de ar maiores na base do para-choques, mantendo a identidade visual da marca. Apesar do aumento de potência, o peso elevado pode comprometer a dinâmica do carro, especialmente em circuitos como Nürburgring, onde o M5 CS F90 marcou 7:29 minutos.


Embora o novo BMW M5 apresente avanços tecnológicos e aumento de potência, seu peso elevado pode limitar seu desempenho dinâmico. A versão perua, esperada para o futuro, pode ser ainda mais pesada, ultrapassando os 2.500 kg. No entanto, a combinação de luxo, tecnologia e performance continua a fazer do M5 um modelo desejado entre os entusiastas da marca.

0 visualização0 comentário

Comments